Logotipo

ORGANIZAMOS DE PARTICIPAÇÃO

Principal | Organização | Organismos de participação | Assembleia Diocesana

Assembleia Diocesana de Pastoral

1. Assembleia de Pastoral é um instrumento de comunhão e participação, na medida em que reúne os membros da Igreja que estão mais comprometidos no trabalho eclesial para pensar e definir comunitariamente prioridades, objetivos e programas de ação. É lugar de decisões amplas e de grande animação pastoral no respectivo nível eclesial.

2. São membros das Assembleias Diocesanas o bispo, vigário geral, ecônomo, padres e diáconos, coordenação diocesana de pastoral, coordenadores e assessores diocesanos nas diferentes equipes de coordenação dos serviços pastorais, coordenação diocesana dos Grupos de Famílias, coordenação diocesana dos religiosos, coordenadores comarcais de cada pastoral, movimento, associação e organismo, coordenadores/as dos conselhos paroquiais de pastoral, religiosos e leigos liberados para a pastoral nos diferentes níveis, um representante do Seminário Filosófico e os seminaristas do 4º ano de teologia.

3. A Assembleia reúne-se, ordinariamente uma vez por ano, para avaliar o ano pastoral diocesano, escolher e aprovar as prioridades e urgências na diocese, propor e aprovar as ações comuns diocesanas e o plano de ação pastoral para cada ano. Poderá ser convocada extraordinariamente sempre que houver justificadas razões para tal.

4. A Assembleia ordinária ou especialmente convocada para tal tem ainda as seguintes atribuições: acolher as orientações da Igreja e as diretrizes nacionais, aprovar Planos de Pastoral e tomar decisões, em concordância com seu bispo, que dizem respeito ao bem da Igreja diocesana.

5. A convocação da Assembleia é feita por circular assinada pelo Bispo, ao menos 30 dias antes da data marcada, indicando o local, a data e a hora de sua realização.

6. As decisões são tomadas mediante voto aberto e por consenso da maioria absoluta (metade +1).

7. A Assembleia Diocesana de Pastoral é presidida pelo bispo e conduzida pela Coordenação Diocesana de Pastoral.

8. A Ata da Assembleia é redigida em Livro de Atas próprio por um/a secretário/a especialmente convidado.

9. Para o melhor funcionamento da Assembleia, outros serviços sãoo distribuídos, anteriormente, entre seus membros: recepção, animação, liturgia, secretaria, cronometria etc...