Logotipo

PARÓQUIAS

Principal | Organização | Paróquias | Paróquia de Braço do Norte

Paróquia de Braço do Norte

Paróquia de Braço do Norte

Pároco: Pe. Joel Marcolino Bittencourt
Vigário Paroquial: Pe. Ademir Eing
Horários de Missa: Sábado: 19h00; Domingo: 08h00 e 19h00
Horário de expediente: 2ª F a 6ª F: 08h00 às 11h30 e 13h30 às 17h30
Sábado: 08h00 às 11h00
Encontro de Pais e Padrinhos: 1ª quarta-feira de cada mês às 19h00

Endereço:
Paróquia Nosso Senhor do Bom Fim
Praça Padre Roher, 213
Caixa Postal 17
88750-000 - BRAÇO DO NORTE - SC
Fone: (48) 3658-2282
E-mail: paroquianossosenhordobomfim@gmail.com
Site: Em desenvolvimento (www.paroquiabracodonorte.com.br)

Dados Históricos

PADROEIRO: Nosso Senhor do Bonfim
FUNDAÇÃO: Curato: 26/07/1917 Paróquia: 01/01/1950

A história católica de Braço do Norte começa em 1873, quando chegaram os primeiros imigrantes alemães a São Ludgero, vindos do Rio Salto, guiados pelo zeloso Pe. Guilherme Roher, Pároco de Teresópolis.

Em 1882, os moradores de Braço do Norte, de etnias lusa e italiana, construíram a primeira capela para o Senhor do Bonfim. Ao Pe. Roher se deve o traçado atual das ruas de Braço do Norte. O primeiro nome de Braço do Norte foi Quadro, lembrando o quadro de terras de duzentas braças de extensão que a família Nazário doou ao Senhor do Bonfim. Depois do Pe. Roher, Braço do Norte foi assistida pelos padres Topp, Auling, Schmees, Chylinski, Kloecker, Tertilt, Zoeliner, Ohters e Tombrock, quase todos residentes em São Ludgero.

No dia 27/07/1917, Pe. Tertuliano Simon toma posse do Curato de Braço do Norte que, além da sede, teve sob sua responsabilidade as capelas de então: Aiurê, Grão-Pará, Armazém, Gravatal. Uma extensa sesmaria de Deus, toda palmilhada em lombo de jumento ou de cavalo. Pe. Nicolau Gesing sucedeu Pe. Tertuliano em 1921.

A pedra fundamental da atual Igreja Matriz foi benta em 07/09/1930. Foi construída durante o pastoreio do Pe. Jacó Luiz Nebel, 1926 a 1947, ano que deixa o ministério. É um grande e majestoso templo, cujo projeto é calçado em gótico tardio de proporções gigantes. Um gótico fino, moderno, digno de Deus e orgulho daquela teocracia que era a pequena Braço do Norte de então. Foi o pintor Godofredo Meier, luterano, que pintou todos os retábulos do forro. Figura de animais de Deus, como louvor ao Criador. Bandeira de todos os povos do mundo, cantando uma espécie de canto das criaturas.

Comunidades:

Comunidade Padroeiro/a
Matriz Nosso Senhor do Bonfim
São José São José
São Basílio São Basílio
São Francisco São Francisco
Avistoso São Roque
União de Cima São Cristovão
Rio Glória São Sebastião
Instituto Sagrado Coração de Jesus
Rio das Furnas Nossa Senhora do Caravaggio
Rio Cachoeirinhas Nossa Senhora de Lourdes
Vila Nova Nossa Senhora Aparecida
Nossa Senhora de Fátima Nossa Senhora de Fátima
União Baixa N. Sra. da Imaculada
São João São João
Vista Alegre Nossa Senhora Aparecida
Santa Augusta Santa Augusta
Foz do Rio Pequeno

MENU PARÓQUIAS