Logotipo

PARÓQUIAS

Principal | Organização | Paróquias | Paróquia de Orleans

Paróquia de Orleans

Paróquia de Orleans

Pároco: Pe. Marcelo Wiggers Buss
Vigário Paroquial: Pe. Sérgio Gomes
Horários de Missa: Sábado: 19h00; Domingo: 07h30 e 19h00
Horário de expediente: 2ª F a 6ª f: 08h30 às 11h30 e 13h30 às 18h00
Sábado: 08h30 às 12h00
Encontro de Pais e Padrinhos: Última sexta-feira de cada mês, às 19h30

Endereço:
Paróquia Santa Otília
Rua Aristiliano Ramos, 75
Caixa Postal 93
88870-000 – ORLEANS – SC
Fone: (48) 3466-0185
Fax: (48) 3466-0511
E-mail: secretaria@paroquiasantaotilia.com.br
Site: www.paroquiasantaotilia.com.br

Dados Históricos

PADROEIRA: Santa Otília
FUNDAÇÃO: CURATO em 1903 e PARÓQUIA em 21/07/1909

A paróquia de Orleans coincide quase totalmente com o município de Orleans, situado nas encostas da Serra Geral.

As terras de Orleans foram um dos dotes que a princesa Isabel recebeu de D. Pedro II, pelo matrimônio com o Conde D'Eu. O nome da cidade foi uma homenagem à família de Luiz Felipe Maria Fernando Gastão de Orleans, o Conde d’Eu, que visitou a vila em 1884. O município foi criado pela Lei Estadual nº 981 de 30 de agosto de 1913.

O primeiro templo católico foi construído em 1886 pelo comendador Joaquim Caetano Pinto Júnior, que de Paris, comandava a Companhia Colonizadora Grão Pará, criada em 1882, cuja sede ficava em Grão Pará, mas foi transferida em 1884 por Conde D'Eu, para um lugar à beira da ferrovia que fora recém inaugurada. Lugar este que recebeu o nome de Orleans em homenagem à família imperial.

Nova igreja foi inaugurada em 1892, após grande ajuda recebida de D. Otília, filha do comendador, que mora em Paris. Santa Otília é padroeira de Orleans em homenagem a esta senhora.

Orleans, até 1903, pertencia à paróquia de Tubarão. Em 1903, recebeu um capelão residente, Pe. Jacinto Bertero, um italiano, com dependência canônica de Tubarão. Apenas no dia 21 de julho de 1909 é que foi erigida a Paróquia Santa Otília de Orleans, inicialmente com o título de Curato,.e o capelão-cura Pe. Jacinto Bertero recebeu provisão de pároco. Em 1911 assumiu a paróquia o padre italiano Afonso Vergnano. Em 1925, o padre alemão Ernesto Schultz. Pe. Afonso Vergnano retornou em 1019. Foi substituído pelo português Guilherme Farinha da Silva, em 1923. Seu substituto foi Pe. Pascoal Somadosy, em 1931.

Com o falecimento do Pe. Santos Sprícigo, Pe. Valmor Della Giustina assumiu a paróquia (1992). Pe. Lino Brunel foi pároco por 18 anos, de 1993 a 2011. Seu sucessor foi Pe. Elias Della Giustina (2012-2014). Atualmente, Pe. Rodrigo José da Silva é o pároco.

Comunidades:

Comunidade Padroeiro/a
Matriz Santa Otília
Santa Clara Santa Clara
Sesmaria Vicente dos Reis
Oratório São Paulo Apóstolo
Barra do Rio Novo São Lucas
Rio Novo Nossa Senhora das Dores
Brusque do Sul Nossa Senhora das Dores
Chapadão Santo Adalberto
Rio Minador Santa Rita de Cássia
Curral Falso São Bom Jesus de Guape
Três Barras São Judas Tadeu
Rio Laranjeiras São Pedro
Boa Vista São Roque
Rio Hipólito Santo Antônio
Rio Belo São Jesus de Guape
Vila Nova Santa Luzia
Rio dos Pinheiros Imaculada Conceição
Barracão Santo Antônio
Furninhas São Vandelino
Invernada São João Batista
Coloninha Santo André
São Jerônimo São Jerônimo
Corridas Nossa Senhora Aparecida
Alto Paraná Santo Antônio
Ponta Preta Nosso Senhor dos Passos
Rio Carlota São Cristóvão
Rodeio da Anta São Valentim

MENU PARÓQUIAS