Logotipo

PARÓQUIAS

Principal | Organização | Paróquias | Catedral

Paróquia de Catedral

Paróquia de Catedral

Pároco: Pe. Anselmo Buss
Vigário Paroquial: Pe. Rafael Uliano
Vigário Paroquial: Pe. Raimundo Ghizoni
Diáconos: Antônio José Heerdt e Carlos Pereira

Endereço:
Catedral Nossa Senhora da Piedade
Rua Anita Garibaldi, 57 - Caixa Postal 114
88701-270 - TUBARÃO - SC


Fone: (48) 3622-1631
E-mail: catedral@catedraldetubarao.com.br
Facebook: www.facebook.com/catedraldetubarao
Site: www.catedraldetubarao.com.br

DADOS HISTÓRICOS

Padroeira: Nossa Senhora da Piedade
Fundação: 1836

A história católica de Tubarão se liga à de Laguna, fundada em 1684. Laguna rumou para o sul, fundando povoados até Viamão. Tubarão começa a ter vida própria no início do século XIX. A figura central da história de Tubarão é a do seu fundador, João Teixeira Nunes que, na data de 20.06.1829, doa à N. Senhora da Piedade uma área de 80 braças em quadro, na zona do morro da Capela onde já havia sido construída uma pequena ermida, presumivelmente onde hoje passa a rua Conselheiro Mafra.

No dia 07.05.1836, foi criada a Freguesia de Tubarão por lei provincial n° 32. A confirmação da Cúria de São Sebastião do Rio de Janeiro ocorreu em 27.03.1837.Eram vigários de La-guna, com encargos sobre a Freguesia de Tubarão.

Tem-se como certo que o primeiro vigário de Tubarão tenha sido o Pe. Jacinto de São Joaquim, pois em 15.03.1837 apõe sua assinatura no livro de batizados. Apenas em 1875 chega o Pe. Cipriano Buonocuore, que paroquiou até 1891.

O ano de 1891 marca a vinda de quem será famoso na história católica de Santa Catarina: Pe. Francisco Topp, que seguia a rota dos imigrantes alemães. Pe. Topp chega a Tubarão, com algumas irmãs da Divina Providência, fundadoras do Colégio São José, casa benemérita de ensino e cultura nos primórdios de Tubarão até a data de hoje. Pe. Topp foi substituído, em 1898, Pe. Bernardo Freise, que entre tantos méritos, constrói o Hospital Nossa Senhora da Conceição.

Em 1901 o Pe. Freise é substituído pelo Pe. Francisco Giesbert, que vem a ser substituído, em 1911, pelo Pe. José Bertero. Em 1913, Pe. Henrique Lindgens, SCJ, toma posse e se demora até 1917. Foi substituído por Pe. Sebastião Souza Couto. De 1919 até a fundação da Diocese em 1955, a paróquia de Tubarão foi atendida pelos padres dehonistas do Sagrado Coração de Jesus.

O primeiro cura da Catedral, assim que criada a diocese de Tubarão, foi Mons. Bernardo Peters, coadjuvado por dois jovens sacerdotes: Raimundo Ghizoni e Urbano Mendes. Mons. Bernardo Peters governou a Catedral de 18.09.55 a 05.01.64. Foi substituído pelo Pe. Raimundo Ghizoni. Seus sucessores foram Pe, Pedro De Biasi, Pe. Elias Della Giustina e Pe. Anselmo Buss.

A atual catedral, em substituição à antiga, teve a construção iniciada em 15.08.65, projetada pelo arquiteto italiano, Carlo Barontini. Foi inaugurada em 04.12.71. Antes disso, a velha Catedral, que por mais de cem anos serviu a cidade, tombou em 1970, após a última missa oficiada nela no dia 15 de agosto e a transladação da imagem de Nossa Senhora da Piedade para a nova catedral. Mais de 5.000 pessoas acompanharam esse ato.

A primeira missa celebrada na cripta da nova catedral foi no dia 14 de maio de 1967, dia das mães, com mais de 4.000 pessoas presentes no ambiente e nas cercanias. Oficiante: Mons. Bernardo Peters, Vigário Geral da Diocese. E na catedral propriamente dita (parte superior), a primeira missa foi, um ano depois, no dia 12 de maio de 1968. Oficiante: Dom Anselmo Pietrulla, Bispo da Diocese. Dirigente das cerimônias: Pe. Raimundo Ghizoni.

O ato solene e histórico de inauguração da nova catedral foi no dia 05 de dezembro de 1971. A torre, ao lado, é posterior. Conhecida como "Torre da Gratidão", é um monumento em homenagem às pessoas que contribuíram com a reconstrução da cidade após a grande enchente de 1974.

Comunidades:

Comunidade Padroeiro/a
Congonhas Santa Cruz
Madre Nossa Senhora das Graças
Mato Alto São José
Matriz Nossa Senhora da Piedade
Morrinhos Santa Rita
Passo do Gado Santa Luzia
Santo Antônio de Pádua Santo Antônio de Pádua
Vila Moema Sagrada Família