• Arquidiocese vive expectativa para abertura dos processos de Pe. Léo e Marcelo Câmara

Arquidiocese vive expectativa para abertura dos processos de Pe. Léo e Marcelo Câmara

Friday, March 6, 2020

A Arquidiocese de Florianópolis viverá neste final de semana um momento histórico e de intensa alegria com a instalação solene do tribunal arquidiocesano de duas causas de beatificação em seu território, para o início dos inquéritos acerca da vida de santidade do jovem Marcelo Henrique Câmara e do Pe. Léo Tarcísio Gonçalves Pereira, SCJ. A Congregação para as Causas dos Santos concedeu no ano passado o chamado “nihil obstat” para cada uma das causas, que garante não haver obstáculos por parte da Santa Sé para a abertura delas.

Exemplos de como viver a fé nos tempos atuais, Pe. Léo e Marcelo entram para o seleto grupo de pessoas com fama de santidade que poderão ter o seu lugar no rol dos santos da Igreja Católica. Com a abertura do processo, os dois recebem o título de Servo de Deus e os fiéis poderão prestar culto particular, com orações e pedidos de intercessão.

Na Arquidiocese de Florianópolis, somente Santa Paulina pertence ao rol dos Santos: ela foi beatificada em 18 de outubro de 1991, em Florianópolis, e canonizada em 19 de maio de 2002, no Vaticano, pelo Papa João Paulo II.

O Vigário Judicial do Tribunal Eclesiástico Interdiocesano e de Apelação de Florianópolis, Pe. Tarcísio Pedro Vieira, que será o Delegado Arquidiocesano para essas duas causas, acredita que o andamento dos processos cria um clima especial em nossa Igreja, de oração, vida fraterna, caridade cristã, enfim, de santidade, de desejo do céu. “Entre nós há tantas pessoas que se destacam pela prática das virtudes e pelo amor a Jesus e sua Igreja. Todos somos chamados à santidade. O processo canônico de instrução de uma causa de beatificação e canonização é um meio especial para comprovar a vivência heroica das virtudes, confirmar a fama de santidade, o seguimento total de Jesus Cristo e a existência de sinais extraordinários, de graças e milagres”, assegura Pe. Tarcísio.

O chamado à santidade não é algo somente para alguns “escolhidos”, mas para todos, como Pe. Tarcísio recorda. O assunto foi discutido recentemente com mais profundidade na Exortação Apostólica Gaudete et Exsultate, lançada pelo Papa Francisco, em 2018. “Cada pessoa responde a essa vocação batismal fazendo seu próprio caminho inspirado por Deus. O importante é que cada pessoa entenda o seu próprio caminho e traga à luz o melhor de si mesmo” (GE 11).

Para o postulador da causa do jovem Marcelo Câmara, Pe. Vitor Feller, esse é um dos testemunhos que o jovem apresenta ao mundo: “No começo deste terceiro milênio, em meio aos desafios de um mundo altamente secularizado, Marcelo nos confirma que a santidade é possível e é um chamado para todos os estados de vida. É possível ser jovem e ser santo. Mais que isto: é preciso!”.

 

Fim de semana agitado

Para a causa do Pe. Léo, a instauração vai ocorrer no dia 7 de março, sábado, às 15h, na Comunidade Bethânia, em São João Batista, seguida da celebração da Santa Missa. A comunidade terapêutica do local é um dos frutos do padre dehoniano, famoso por sua irreverência em palestras e entrevistas nos meios de comunicação nacionais, e guarda os restos mortais do Servo de Deus.

Já no dia 8 de março, domingo, será a vez da abertura da fase diocesana do processo de beatificação do jovem Marcelo Câmara, com a instauração do Tribunal às 15h, no Santuário Sagrado Coração de Jesus, nos Ingleses, em Florianópolis, seguida pela Santa Missa e a transladação dos restos mortais do jovem. Exumados do cemitério do Itacorubi, os restos mortais serão trasladados ao santuário onde Marcelo era catequista e ministro extraordinário da Sagrada Comunhão.

As celebrações contarão com a presença do postulador romano Paolo Villota, que foi postulador também da causa de Santa Dulce dos Pobres.

 

SERVIÇOS:

Instauração do Tribunal para início da fase diocesana das causas de beatificação e Missa presidida por Dom Wilson Tadeu Jönck:

Causa do Pe. Léo Tarcísio Gonçalves Pereira
Data e horário: dia 7 de março, sábado, às 16h (com programação a partir das 9h)
Local: Comunidade Bethânia, em São João Batista

Causa do jovem Marcelo Câmara
Data e horário: dia 8 de março, domingo, às 15h (com translado dos restos mortais)
Local: Santuário Sagrado Coração de Jesus, nos Ingleses, em Florianópolis

 

Fonte e link: Divulgação/Fabíola Goulart/Arquidiocese de Florianópolis

Mais Sugestões
Orientações da Diocese de Tubarão
Missas on-line na Rádio Tubá
Logotipo Diocese Tubarão

- Diocese Tubarão -
Rua Senador Richard, 90 | Centro
88.701-220 | Tubarão | SC
portaldiocesetb@gmail.com
(48) 3622-1504

- Expediente -
08h às 12h | 13h30 às 18h
(Segunda à sexta-feira)
08h às 11h
(Sábado)

© 2019 Copyright Diocese Tubarão - Todos os direitos reservados

© 2019 Copyright Diocese Tubarão
Todos os direitos reservados
KleinCode | paxweb.com.br

Oração em Família

Celebrar o Domingo em Família