• Bispos de Santa Catarina celebram a Eucaristia na Basílica de Santa Maria Maior

Bispos de Santa Catarina celebram a Eucaristia na Basílica de Santa Maria Maior

Thursday, October 27, 2022

Os Bispos de Santa Catarina, em Visita Ad Limina Apostolorum, iniciaram as atividades deste dia (27) participando da celebração Eucarística na Basílica de Santa Maria Maior. Ela é considerada a maior igreja mariana de Roma, sendo uma das quatro basílicas papais e está entre as sete igrejas de peregrinação de Roma.

A Basílica é a primeira igreja do Ocidente que foi dedicada à Maria. Dentro da liturgia católica existe uma celebração específica sobre a Dedicação de Basílica de Santa Maria Maior. Sendo uma Basílica Papal, ela é muito utilizada pelo Papa para celebrações como a Festa da Assunção de Maria. Quando Papa Francisco foi nomeado, no seu primeiro dia, ele foi visitar a Basílica.

A Basílica teve outros nomes: Nossa Senhora as Neves, Basílica Liberiana e Santa Maria do Presépio. O primeiro nome faz menção à festa litúrgica de Nossa Senhora das Neves, comemorada no dia 5 de agosto. Conta-se que um casal fez a promessa de doação de suas posses a Virgem Maria e pediram para que ela indicasse o local para a construção da igreja. Naquele ano, durante o verão em Roma, nevou no alto do monte, indicando que ali deveria ser a construção da Basílica. O segundo nome, Basílica Liberiana, é uma homenagem ao Papa Libério (352-366), que teve a visão sobre uma grande queda de neve, “Milagre da Neve”. O Papa foi em procissão para o local onde a igreja deveria ser construída, assumindo para si a promessa do casal. O terceiro nome, Santa Maria do Presépio, é o mais antigo título, muito antes do “Milagre da Neve”. Tem esse nome pelo fato das relíquias da manjedoura de Jesus terem sido trazidas para o local pelo Papa Teodoro I (640-649).

A Basílica, no seu interior, possui muitas obras arquitetônicas de diversos períodos, desde o paleocristão até o barroco. Durante o século XVIII, o edifício foi todo restaurado. A fachada e parte da decoração foram feitas neste período. O que mais chama atenção na Basílica é a diferenciação e fragmentação das artes, mostrando que foram elaboradas em diversos períodos da arte cristã.

Dom Odelir José Magri, Bispo de Chapecó e presidente da Celebração Eucarística, durante a homilia fala que “o cristão deve revestir-se da armadura de Deus. Revestir-se do Espírito Santo e da Palavra de Deus, conforme Paulo nos alerta. A frase ‘Bendito aquele que vem em nome do Senhor’ carrega em si uma força e, também, uma responsabilidade”. Finalizando a reflexão diz que “assim como o Papa Francisco vem nesta Basílica fazer suas orações antes e após suas viagens, nós Bispos estamos diante da Mãe para colocar nossa missão, o Regional Sul 4, nossas dioceses para que ela olhe e interceda por todos”.

 

Texto: Divulgação/CNBBSul4
Foto: Jaison Alves da Silva

Mais Sugestões
Logotipo Diocese Tubarão

- Diocese Tubarão -
Rua Senador Richard, 90 | Centro
88.701-220 | Tubarão | SC
[email protected]
(48) 3622-1504

- Expediente -
08h às 11h55 | 13h às 17h45
(Segunda à sexta-feira)

© 2019 Copyright Diocese Tubarão - Todos os direitos reservados

© 2019 Copyright Diocese Tubarão
Todos os direitos reservados
KleinCode | paxweb.com.br

Roteiros Família - Advento e Natal 2022