Logotipo Diocese de Tubarão

Distante de casa, mas perto de Deus.

Monday, October 28, 2019 | PASCOM

Hoje é muito mais comum do que se imagina encontrar pessoas que saem de suas casas, deixam família e amigos para fazer uma experiência no exterior, seja para estudar, trabalhar, ou mesmo dar uma pausa no ritmo de vida tão acelerado que sem querer nos impomos. Nessa jornada, muitos acabam criando novos hábitos, experimentando novas coisas, conhecendo outras pessoas. E todas essas descobertas, tem os dois lados da moeda, pois podem ruins, como também podem ser muito boas. 

 

Também escolhi fazer essa jornada há cerca de dois meses atrás. Para mim pessoalmente, um novo começo, depois de estar 10 anos morando longe de casa, numa experiência vocacional. Algo que sempre quis, depois de todos esses anos fora, foi dar testemunho, dizer, pela minha vida, que valeu a pena, que sou uma pessoa melhor, justamente porque quando jovem escolhi trilhar esse caminho de descobrimento vocacional. Por esse motivo, vir para o exterior, foi um novo começo, longe de tudo e de todos que conhecia. Porém, o que sempre permanece como meu propósito é: testemunho, vivência de fé! Nesse sentido, gostaria de partilhar como é viver a nossa fé católica em um outro país. 

 

Desde que eu cheguei aqui na Austrália, procurei me aproximar de grupos de jovens católicos, para me manter em boa companhia e ter um suporte, enquanto eu estiver aqui. E o bom Deus me conduziu muito bem nesse caminho. 

 

Antes mesmo de sair do Brasil, já estava em contato com pessoas do Movimento de Schoenstatt, que me acolheram muito bem e são até hoje minha referência aqui. 

Também encontrei um grupo de jovens que se reúne todas as quartas-feiras. Temos Missa, Adoração Eucarística e depois janta. Quarta-feira tornou-se meu dia preferido da semana. Desde o primeiro dia que comecei a ir no CYM (Catholic Youth Ministry - Ministério da Juventude Católica) me senti em casa, acolhida. Todos os que participam das atividades lá vem ao encontro, cumprimentam, conversam... e o mais bonito é que, sempre quando falo que sou brasileira, eles associam nosso país como um país católico, como um povo de fé. 

 

A juventude católica aqui, além de muito acolhedora, é muito viva e animada! Arde o fogo do amor a Igreja de Cristo em seus corações! Eles têm forte consciência de que são o futuro da Igreja, que depende deles dar continuidade à missão de Cristo, mas ao mesmo tempo eles têm forte consciência de que “nós jovens somos o agora de Deus”, como o Papa Francisco nos falou na última Jornada Mundial da Juventude.  

 

Algo que é muito forte aqui é o encontro nacional da juventude católica (Australian Catholic Youth Festival), que terei a graça de poder participar nesse ano, em dezembro. Em toda a Austrália, e especialmente aqui na Arquidiocese de Perth, estão acontecendo diversos encontros preparando esses dias. É visível o quanto é importante e transformador esse encontro nacional que acontece a cada dois anos. Muitos falam que através desse encontro, eles vivenciam a fé católica como uma grande comunidade e percebem que não estão sozinhos em sua caminhada. 

 

Para concluir, posso afirmar que o sentimento que sempre tenho é: estou em casa! Por isso digo, como é bom ser católica! Como é bom pertencer à nossa Igreja. Em qualquer parte do mundo onde vamos, partilhamos os mesmos ritos, os mesmos costumes, uma só fé.

Mais Sugestões
Enjocri 2019
Sínodo para a Amazônia
Santas Missões Populares
Músicas Litúrgicas - CNBBSul4
Missas on-line na Rádio Tubá
Logotipo

- Cúria Diocesana -
Rua Senador Richard 90 | Cx. Postal 341
88701-220 | Tubarão - SC
pastoral@diocesetb.org.br
(48) 3622-1504

- Expediente -
08h às 12h | 13h30 às 18h
(Segunda às sexta-feira)
08h às 11h
(Sábado)

© 2019 Copyright Diocese Tubarão - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento KleinCode | paxweb.com.br

© 2019 Copyright Diocese Tubarão
Todos os direitos reservados
KleinCode | paxweb.com.br